Estudante escrevendo uma redação
Vestibulando escrevendo uma redação.

1.FAÇA O BRAINSTORM

Assim que você receber a prova, leia o tema proposto e os textos de apoio e, depois disso, use os primeiros 5 minutos do tempo de prova para anotar no rascunho tudo o que vem à sua mente relacionado ao tema da redação.

Neste momento, você não precisa se preocupar com a organização das ideias, somente busque colocar no papel qualquer informação que possa ser usada em seu texto: dados, conceitos, autores, ideias, argumentos, etc.

Esse é o chamado brainstorm, que deve ser feito nos primeiros 5 minutos da redação.

Caderno aberto rabiscado com informações.
exemplo de “brainstorm”

2.ORGANIZE O CONTEÚDO

Agora é hora de organizar tudo o que você conseguiu lembrar sobre o tema proposto com o “brainstorm”. Nessa parte, você precisa dar inteligibilidade e coerência a todo o conjunto de ideias que surgiram nesses primeiros 5 minutos.

Estabeleça relações entre os conteúdos, relacione dados ou conceitos com as ideias e os argumentos que você conseguiu lembrar.

Nesta fase você também deve escolher qual será a tese de sua redação (ela deve ser um argumento que responda o tema proposto, adotando um posicionamento sobre ele).

Escolha também os outros argumentos que serão os tópicos frasais dos parágrafos de argumentação.

Na redação do Enem, você também deve estabelecer as propostas de intervenção – de preferência relacionadas aos argumentos dos tópicos frasais.

3.MONTE O “ESQUELETO” DA REDAÇÃO

Com as ideias organizadas, você já pode estabelecer o número de parágrafos para sua redação, bem como a estrutura que ela deve seguir.

Aqui você colocará em tópicos tudo o que organizou na fase anterior.

Para isso, divida a folha de rascunho em 3 partes, para a Introdução(1), Desenvolvimento(2), Conclusão(3) da redação.

Em cada parte, coloque em estrutura de tópicos tudo o que você for abordar em cada parágrafo. Na introdução, coloque a tese e outros conteúdos de contextualização; no desenvolvimento, os tópicos frasais de cada parágrafo e os argumentos e exemplos de cada um deles; na conclusão a mesma coisa – no caso da redação do Enem, coloque em tópicos cada proposta de intervenção que for citar.

Dessa forma, você terá a seu dispor todo o conteúdo da sua redação, sabendo o que escrever em cada parágrafo, antes de iniciar a próxima etapa de escrita do seu texto.

Caderno mostrando a estrutura da redação.
exemplo de estrutura de redação

Antes de falar sobre a etapa 4, é preciso que você saiba que as 3 etapas anteriores devem tomar, no máximo, 15 minutos do tempo de sua redação, caso contrário você não terá tempo suficiente para as duas etapas seguintes, de escrita e revisão de seu texto.

4.ESCRITA DA REDAÇÃO

Após concluídas todas as etapas anteriores, você pode começar a escrever sua redação. Se essas etapas foram feitas de forma organizada e coerente, você terá a segurança de fazer um bom texto e a confiança de que sua redação estará bem estruturada, com boa apresentação de ideias. Esse aspecto por si só já pode garantir uma ótima nota para sua redação.

Nesta fase, inicie fazendo o rascunho e só depois faça a versão definitiva. Porém, se você se sente confiante e já está acostumado a fazer o texto final diretamente, pode fazê-lo.

5.REVISE SEU TEXTO

Após terminar a redação, comece a revisão de seu texto lendo atentamente todos os parágrafos. Quase sempre haverá algo a se modificar. Atente-se para os aspectos de conteúdo e de gramática. Veja se conseguiu desenvolver um texto de forma clara, coesa e coerente, de acordo com as ideias que você estabeleceu nos tópicos na fase de criação do esqueleto da redação. Certifique-se de possíveis erros gramaticais, especialmente de vírgulas, crase, concordância verbal, regência, etc.

Gostou das dicas?

Esses 5 passos fazem parte de nosso ebook de Repertório de Redação!

Confira aqui