livros sobre a mesa

Olá, vestibulando. Hoje vamos estudar a diferença entre Morfologia e Sintaxe. Saber claramente a diferença entre análise morfológica e sintática, bem como a relação entre classe gramatical e termos da oração, é importante para que você possa responder as questões de múltipla escolha de língua portuguesa de forma mais assertiva, além de facilitar a compreensão da gramática na hora de estudar.

A Morfologia é o estudo da estrutura, da formação e da classificação das palavras. Neste texto, vamos abordar somente a classificação das palavras, para falar sobre as classes gramaticais e sua diferença em relação às funções sintáticas.

Vejamos um exemplo de classificação morfológica: na frase “O garoto jogou futebol ontem.”, as palavras “garoto” e “futebol” são substantivos; “jogou” é verbo; “O” é artigo; “ontem” é advérbio.

Já a Sintaxe é o estudo dos termos da oração (sujeito, predicado, objeto direto, etc), por meio da classificação das funções sintáticas que as palavras exercem na oração.

Na mesma frase “O garoto jogou futebol ontem.”, podemos fazer a classificação sintática das palavras, dizendo que o termo “O garoto” é sujeito; “futebol” é objeto direto; “jogou” é verbo transitivo direto; e “ontem” é adjunto adverbial de tempo.

Vejamos agora um exemplo de classificação morfológica e de análise sintática da seguinte frase:

“Meu amigo, as duas garotas leram livros interessantes nas férias da escola.”

Frase com modelo explicativo sobre morfologia e sintaxe.

Como você pode ver, qualquer oração é passível de ser classificada pela função morfológica de seus elementos, ou pela função sintática deles. Geralmente, o que importa é a classificação quanto à função sintática, já que os termos da oração são classificados de acordo com as relações que estabelecem entre si. Porém, saber a classificação morfológica das palavras é importante, pois ela facilita a análise sintática dos termos da oração. Por exemplo, o sujeito sempre deve ser ou um substantivo, ou um pronome (não oblíquo), ou uma palavra substantivada; artigos geralmente são adjuntos adnominais; já os advérbios, adjuntos adverbiais; etc.

Essa foi somente uma introdução bem pontual sobre esses dois assuntos. Nos próximos textos, vamos falar mais detalhadamente sobre as classes gramaticais e os termos da oração. Bons estudos!